Conheça os principais prós e contras em ser um funcionário público

Ser funcionário público é o sonho de muitos trabalhadores. Os concursos públicos nunca tiveram em pauta como no período atual cativando através das vantagens oferecidas pela carreira. Para avaliar se vale a pena ser um funcionário público confira os prós e contras a seguir.

Vantagens de ser um funcionário público

Funcionário público é um trabalhador vinculado a uma empresa atual maior capital é Outro público. Pode ser um empregador municipal, estadual ou federal. sendo qualquer uma dessas empresas a contratar o funcionário ele será um servidor público. Ele não recebe de acordo com o calendário do PIS 2019 mas recebe com o calendário PASEP 2019 que possui o mesmo funcionamento e finalidade.

Ser um servidor público tem algumas vantagens e é por isso que a concorrência está cada vez maior nos concursos. Um dos pontos positivos e a instabilidade financeira. Existe a possibilidade de demissão mas as empresas públicas costumam manter a quantidade de cargos ou ampliar os seus serviços ao cidadão e contratar ainda mais.  A menos que se cometa um infração gravíssima (agressão ao funcionário, roubo e coisas do tipo) é muito raro ser demitido de empresa pública.

A remuneração costuma ser muito maior e estável. O servidor na verdade estudou bastante e é o melhor preparado para ocupar o seu cargo e merece um salário melhor do que muitos empregos de empresas privadas.  Comparando cargos que exigem o mesmo grau de escolaridade os salários dos funcionários públicos são bem maiores.

Outro ponto positivo de ocupar um cargo público é a estabilidade de horário. A maioria das empresas públicas abre de segunda a sexta e raramente aos sábados como os Correios, por exemplo. Não fazem hora extra e costumam unir datas aos feriados em ampliar as folgas.

Desvantagens de ser um funcionário público

Mas antes de optar por uma carreira como servidor público é preciso pensar também em outros pontos não muito comentados.  Um deles é a questão do salário: ele aumenta muito pouco.

O salário de um servidor público aumenta gradualmente de acordo com o tempo de serviço e é corrigido pela inflação mas ficamos por aí nos ajustes. Enquanto em uma empresa privada é possível chegar a supervisor do seu setor e ganhar quatro vezes mais é um pouco mais difícil na empresa pública porque a rotatividade é pequena dos ocupantes dos cargos. A maioria deixa o seu carro quando se aposenta. A estabilidade salarial neste tipo de situação pode ser uma desvantagem. 

A prospecção de carreira também é um pouco mais lenta.  Nas empresas privadas é comum ter grandes mudanças de cargo em um curto espaço de tempo com valorização do funcionário. E muitos sonham em ser chefe ou até vice presidente. Nos órgãos públicos a tendência de muitos e se aposentar na mesma função e aumentando seu salário por tempo de serviço, gerando pouca rotatividade e poucas mudanças nos cargos a serem ocupados.

Há ainda a inexistência da possibilidade de ter dois empregos. Não é possível ocupar dois cargos ou ter uma segunda fonte de renda e isso pode ser um problema para quem quer ser também professor, por exemplo. 

 

Posted in Main

Permalink

Comments are closed.